5 de mar. de 2021

QUER UMA RECEITA?

 


Então, muitas vezes podemos aumentar a quantidade (o volume) de alimentos ingeridos e, ao mesmo tempo, promover o emagrecimento, pois estaremos de fato nutrindo o corpo com aquilo que ele precisa para sua melhor performance. Um nutricionista vai poder te auxiliar nesse equilíbrio.Por exemplo a Thais Trivelato-

Ao longo dos anos, muito se tem estudado a respeito do emagrecimento. A busca por dietas eficazes, rápidas e simples é cada vez mais popular nas redes sociais. Todos os dias, pessoas acreditam em fórmulas mágicas e métodos milagrosos. Mas será que a solução realmente vai estar em uma receita padrão que não leva em conta a sua individualidade?
Ao contrário do que muita gente pensa, emagrecer não está relacionado apenas à quantidade que você come ou de quantas horas você passa se exercitando. Perder peso de verdade é a consequência de um funcionamento equilibrado de todo seu corpo.
Então, muitas vezes podemos aumentar a quantidade (o volume) de alimentos ingeridos e, ao mesmo tempo, promover o emagrecimento, pois estaremos de fato nutrindo o corpo com aquilo que ele precisa para sua melhor performance. Um nutricionista vai poder te auxiliar nesse equilíbrio.
O exercício é fundamental na mudança de estilo de vida. Uma rotina regrada, sem dúvida, é o que mais influencia em nosso peso.

20 de abr. de 2020

Como é tudo natural,mal nao deve fazer.....

  Alho e mel em jejum durante 7 dias



Grande parte de suas virtudes é atribuída a seu aporte de alicina, um composto ativo que favorece o controle do colesterol alto e da pressão arterial, além de outras condições do sistema cardiovascular.
Ele também é utilizado como tratamento para os problemas digestivos e as condições respiratórias.
De fato, devido a suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, ele se distingue como um complemento no tratamento contra a artrite, o câncer e a diabetes.
Especialistas em nutrição recomendam consumi-lo cru, pois assim todos os seus princípios activos são conservados.
Além disso, é conveniente prepará-lo como remédio junto com o mel de abelhas.
Dessa forma, é mais fácil de ingerir e todas as suas qualidades são potencializadas.

Post scriptum:  A alicina é um antibiótico natural e existe na planta para protegê-la de predadores.

19 de abr. de 2020

Equilibrios

Pessoas que comem excessivamente e com muita frequência podem ganhar muito peso, aumentando a chance de sofrerem com doenças crônicas relacionadas ao sobrepeso ou obesidade. Colocar um ponto final em atitudes que o prejudiquem é uma tarefa complicada e que requer dedicação e comprometimento. Mesmo sendo desafiante, não é impossível parar de se alimentar mais do que o necessário. Existem alguns métodos simples para auxiliá-lo a mudar de comportamento e acabar com este hábito de uma vez por todas
    • Use pratos menores quando comer em casa. Ao fazer isso, será possível controlar melhor as porções, não comendo mais que o necessário.
      • Geralmente, os pratos de sobremesa ou de entrada são menores, evitando que as porções principais sejam muito grandes.
    • Alguns estudos mostram que até a cor dos pratos interfere na capacidade da pessoa se sentir mais satisfeita, mesmo comendo menos. Se puder, use pratos azuis para consumir porções menores nas refeições.

  1. Retire as panelas e travessas da mesa enquanto estiver comendo. Sirva-se e vá sentar longe das panelas com os alimentos. Sempre que houver panelas e travessas com alimentos perto das pessoas que estão comendo, a chance de comerem mais aumenta devido à proximidade. Ao ficarem em um balcão separado ou no fogão da cozinha, a tentação de pegar um pouco mais de comida será menor.
    • Deixe todos os alimentos na cozinha e não na mesa de jantar.
    • Outra boa opção é guardar a comida das panelas antes de sentar para fazer a refeição na mesa. Dessa forma, não há como pegar mais um pouco ao levar os pratos para a cozinha.
  2. Compre uma balança de comida ou copos de medidas. Pesar ou medir as porções antes de servir ou comer evita que a pessoa passe da quantidade exata recomendada.
    • Cada indivíduo possui tamanhos de porções levemente diferentes de acordo com o alimento e quantidade de vezes que se serve durante o dia. No geral, limite-se às quantidades a seguir para cada grupo alimentar: 85 a 115 g de proteínas , ½ copo ou 28,3 g de grãos, 1 copo de legumes ou 2 copo de verduras com folhas verdes e ½ copo ou 1 pequeno pedaço de fruta
    • Geralmente, os adultos precisam consumir proteínas em todas as refeições ou lanches. Incorpore uma ou duas porções de frutas e três a quatro porções de legumes na dieta diária. Os grãos devem ser incluídos apenas em uma ou duas refeições, mas não necessariamente em todas.
    • As balanças de alimentos podem ser as melhores opções para não precisar esmagar todos os alimentos em copos de medidas.
    • Existem também pratos para medir, tigelas, utensílios para se servir e recipientes reutilizáveis para verificar o quanto comportam. É mais fácil saber o quanto está ingerindo ao colocar a comida nestes tipos de pratos e recipientes.

Para mim funciona....

FAÇA ISSO

O jejum intermitente são jejuns com duração de 16 a 24 horas.

Esse tipo de jejum pode reduzir a quantidade que você come, limitando o período de tempo em que os alimentos são consumidos, possivelmente aumentando a perda de peso.

Também pode aumentar os níveis de hormônio do crescimento humano (HGH), um hormônio importante que demonstrou aumentar a perda de gordura e preservar a massa corporal magra.
Existem muitas maneiras diferentes de fazer jejum intermitente. Muitos geralmente envolvem escolher uma janela de 8 a 10 horas para restringir a ingestão de alimentos todos os dias.
Encontre um método que funcione para você e sua agenda.

PARA ISSO

Os vegetais são incrivelmente densos em nutrientes, fornecendo amplas vitaminas, minerais, antioxidantes e fibras para um baixo número de calorias.
Um estudo mostrou que cada aumento de 100 gramas no consumo diário de vegetais estava associado a 0,5 kg de perda de peso ao longo de seis meses.
Outra grande revisão de 17 estudos em mais de 500.000 pessoas constatou que aqueles que ingeriram mais vegetais tiveram um risco 17% menor de estar com sobrepeso ou obesidade.

17 de abr. de 2020

Afinal de contas, tudo é equilíbrio...diz a cultura chinesa

 Encontrar o meio-termo
Às vezes é difícil saber o que é bom para o organismo, com inúmeras dietas pregando teorias das mais diversas sobre a melhor forma de se alimentar.
Na medicina tradicional chinesa, os alimentos são divididos em cinco essências, chamadas "siqi": gelado, frio, neutro, morno e quente. A natureza do alimento não é determinada por sua temperatura momentânea, mas sim pelos efeitos que pode ter no corpo após o consumo. Se uma pessoa ingerir continuamente apenas um tipo de alimento, vai gerar um desequilíbrio no corpo que afeta o sistema imunológico. Logo, um dos fundamentos da medicina chinesa é manter o corpo "neutro".
O clima também importa
Alimentos mornos e quentes geram calor no corpo humano – por exemplo, carne de boi, café, gengibre, pimenta e frituras – enquanto aqueles que são gelados e frios diminuem a temperatura corporal – como saladas, queijo, chá verde e cerveja. Alimentos como óleo, arroz, carne de porco e a maior parte dos peixes são considerados neutros.
Em comparação com a cultura ocidental, a alimentação e a medicina se sobrepõem na cultura chinesa. Por exemplo, a melancia é um alimento, mas pode ter também um efeito medicinal durante os dias de calor, por causa de sua alta capacidade de hidratação.
Os clãs antigos da China, de cerca de 2.200 a.C., começaram a descobrir os diferentes valores medicinais de ervas enquanto caçavam e coletavam comida. Alguns alimentos curavam doenças, outros levavam à morte. Com o tempo, a filosofia da medicina chinesa foi se desenvolvendo.
Porém, há alguns alimentos que os chineses consideram mais como "remédio" que como "comida", como é o caso do gengibre. Contudo, antes de utilizá-lo para tratamento, é necessário consultar um profissional, pois a sua ingestão pode causar pioras na saúde. O motivo disso é que os alimentos têm propriedades distintas e cada pessoa, um organismo único, responde de maneira própria dependendo do que é ingerido.

9 de abr. de 2020

Voce nao sei..mas eu...



"DIETAS EQUILIBRADAS"

Muitos problemas fisiológicos ocorrem porque comemos certos alimentos em ocasiões em que o nosso corpo não necessita, o que leva a que a comida se transforme em gordura e toxinas, e não na energia que precisamos. A alimentação tem também um papel importante na promoção do bem-estar e saúde mental. Manter uma alimentação saudável rica em vitaminas, sais minerais, fibras e pobre em gorduras saturadas e açúcares, é essencial para o bom funcionamento da mente. Uma dieta equilibrada pode estimular a produção de neurotransmissores como a serotonina, que ajuda a melhorar o humor, 


4 de mai. de 2019

É raro ver chineses gordos ...entao como emagrecer?




O que comem : a base da dieta tradicional pode ser resumida bem facilmente: plantas, plantas e mais plantas. Os chineses constroem suas refeições em torno de vegetais frescos da época, frutas, grãos e feijões. Esse ingredientes cobrem dois terços da refeição chinesa média, e responsável pelo fato do chinês comer três vezes mais fibras que nós. a fibra estabiliza os níveis de açúcar do sangue, diminui o colesterol , reduzi o risco de diabetes e alguns tipos de câncer. Enquanto a média chinesa de colesterol no sangué é de 127, a de um norte-americano é perto de 215.
Carne : A falta de carne na cozinha chinesa ajuda a manter o baixo teor de gordura. Por razões econômicas, os chefs chineses acrestam apenas uma fatia bem fina de carne aos seus pratos. A carne atual como guarnição para dar sabor a uma entrada: e que nunca funciona como prato principal, como ocorre no EUA, Brasil e outros países do ocidente. Na verdade, a carne é responsável apenas por um espantoso 2% da dieta tradicional chinesa. A comida chinesa que você come no Ocidente é uma versão americanizada da verdadeira comida chinesa.
Soja : como outros asiáticos, tofu, molho de soja, são componentes chaves da dieta chinesa, e são a fonte de proteína .
Arroz Branco : em vez  de pão branco, o carboidrato base da dieta chinesa é o arroz.
Alho e Gengibre : essas ervas que ajudam a combater doenças aparecem em quase todas refeiçoes na China
Bebida preferida : Chás
Eles filosofam a comida : Na china não misturam a comida apenas pelo sabor, mas também por sua função energética – yin(feminino, passivo, frio) e yang(masculino, ativo, quente).
Como queimam a comida : Toda manhã, logo antes de amanhecer, milhões de chineses se reúnem por todo o país em parques públicos e juntos fazem exercícios. Uma das atividades mais populares matinais é o TAI CHI, que começou como arte marcial. o símbolo do tai chi é liberar energias que foram bloqueadas no corpo. assim abre canais de energia, os quais melhoraram digestão, deixam sistema respiratório mais forte e tornam o corpo capaz de se auto curar. Outra tradicional forma chinesa de exercício é o QIGONG, usa métodos aeróbicos e de respiração para liberar a energia presa no corpo. Além disso os chineses andam e andam e andam para todos lugares, existe engarrafamentos de bicicletas na China também, pois é um meio de transporte muito utilizado por todas regiões. Até recentemente, poucos chineses possuíam carros.

Serao diferentes para ter essa saude para magros?

A Expectativa de vida na China varia grandemente dependendo da região. Embora a expectativa de vida na China seja considerada baixa , de apenas 73 anos , os moradores das maiores cidades da China, Hong Kong, Macau, vivem mais do que qualquer pessoa na Terra. As pessoas de Macau, que são tops da lista de expectativa de vida global , vivem, incrivelmente, uma média de 84,36 anos, enquanto os habitantes de Hong Kong, 81,86 anos.Parece haver saude para magros...

9 de nov. de 2018

Nao é uma coisa......sao varias ...e continuam magros

Ingestão de vegetaisOs pratos da culinária oriental são feitos com base em alimentos naturais e saudáveis, como os vegetais verdes, que são consumidos em grandes quantidades. Chá em vez de bebidas friasAsiáticos não comem tomando sucos, refrigerantes e água gelada, mas sim alguns tipos de chá quente, especialmente o verde. Isso reforça a opinião de alguns cientistas de que bebidas geladas, quando tomadas junto com as refeições e com alimentos gordurosos, acabam retardando a digestão e nos ajudando a ganhar peso. Os doces preferidosNa Ásia, são populares sobremesas feitas à base de arroz, algas marinhas e feijão vermelho, assim como nozes, sementes e frutas. Trata-se de opções de doces muito mais saudáveis do que bolos, tortas, sorvetes e afins.Caminhadas e meditaçãoMoradores de cidades com alta densidade populacional tendem a caminhar mais e usar mais transporte público em vez de carros. Além disso, a cultura oriental é adepta da meditação e da prática de atividades como o Tai Chi, que ajudam a prevenir algumas doenças, incluindo a obesidade.

Alimentos para engordar


Segue abaixo uma pequena lista com 7 alimentos calóricos para engordar de maneira rápida e com saude-


  1. Carne – principalmente em churrasco, em que você vai ‘beliscando’ mas no total, você come bastante sem perceber
  2. Frutas – As frutas possuem bastante calorias se adicionadas de maneira correta em sua dieta para engordar. Use-as como sobremesa.
  3. Leite integral – O leite possui calorias dividas entre carboidratos, proteínas e gorduras.
  4. Nozes – engloba praticamente todos tipos de nozes
  5. Batata doce – não é a toa que os que praticam musculação comem tanta batata doce
  6. Cerveja – tomar cerveja de maneira morada ajuda a ganhar calorias, porém em forma de gordura. Se você toma cerveja, deverá maneirar em outros alimentos que possuem gorduras. 
  7. Frango e ovos – Assim como a carne, os frangos e os ovos são ótimos alimentos para engordar, pois contém bastante carboidratos e proteínas e poucas gorduras, sendo inclusive mais indicados do que a própria carne vermelha.

QUER UMA RECEITA?

  Então, muitas vezes podemos aumentar a quantidade (o volume) de alimentos ingeridos e, ao mesmo tempo, promover o emagrecimento, pois esta...